O PODER DO COMPORTAMENTO

Aquilo que fazemos não é indiferente para os outros. Nessa medida, em grande parte, somos nós que determinamos a ação daqueles com quem interagimos. Por isso, damos a conhecer os principais mecanismos que regem a conduta do ser humano. Nomeadamente, as leis do condicionamento, dos reforços e punições que, se bem aplicadas, podem inibir a exibição de comportamentos indesejáveis (ex.: falta de rigor, desonestidade, egoísmo, etc.) e fomentar a manifestação de atitudes recomendáveis (ex.: eficácia, ética e cooperatividade, etc.).