SONHALIDADE

É preciso alimentar o sonho pois é a maior fonte de ideias que correm soltas, sem receios nem censura. Por isso, não devemos criticar quem aparentemente “anda na lua”. Temos é que “aterrar” e pôr os pés na terra de modo a concretizar o que a imaginação nos oferece. Como passar do sonho à realidade constitui o cerne desta intervenção. Sem esquecer que tudo que hoje é realidade, já foi sonho um dia.