Team Building Comunitário

 

Não só somos responsáveis pelo que fazemos, mas também pelo que não fazemos. Molière

 

Parece já consensual a importância que grande parte das organizações atribui ao desenvolvimento de eventos de team building. Com cariz formativo, estes destinam-se à promoção do espírito de equipa organizacional, através da prática de diversas atividades, muitas vezes desenvolvidas em ambiente exterior à organização. Estas apresentam, por norma, um impacte muito relevante no seu público-alvo, frequentemente com resultados superiores às ações de formação em regime indoor. O seu conteúdo, fortemente emocional, ajuda a que estas vivências permaneçam na memória de todos, contribuindo para motivar os participantes, promover as relações interpessoais, melhorar a comunicação, a criatividade, o planeamento ou a liderança, entre outras dimensões.

Estes desafios poderão ser encaminhados não só para concretizar o anteriormente citado, podendo ainda ter como fim apoiar, desenvolver e melhorar a comunidade, sendo uma evidência da Cidadania Empresarial. É precisamente o que o Team Building Comunitário (TBC) propõe! Tratam-se de eventos formativos realizados numa entidade acolhedora (EA), normalmente uma instituição particular de solidariedade social (IPSS), onde, para além da função de desenvolvimento de competências comportamentais nos participantes da empresa promotora (EP), são desenvolvidas atividades de melhoria das instalações da EA, como é o exemplo de pequenas pinturas em espaços internos e externos, a entrega de equipamentos e/ou outros materiais, prestação de serviços especializados como ações de sensibilização ou formação, entre outros. Assim, considera-se que o TBC tem como objectivo desenvolver competências comportamentais e de cidadania nos colaboradores das empresas promotoras e, por outro lado, desenvolver projectos de cidadania organizacional que contribuem para maximizar impactes positivos das empresas na sociedade. Esta abordagem encontra-se, por norma, enquadrada na estratégia de Responsabilidade Social das Empresas (RSE), fazendo parte da sua contribuição à comunidade, visando o desenvolvimento sustentável, a partir de soluções efetivas para fazer face aos desafios económicos, sociais, culturais e ambientais.

Share